Prefeitura de BH e RMBH se unem no combate à violência nos ônibus metropolitanos

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

O secretário municipal de Segurança e Prevenção (SMSP) de Belo Horizonte, Genilson Zeferino, se reuniu com os comandantes das guardas municipais de cidades que fazem divisa com a capital, nessa quinta-feira, dia 17 de maio, para propor a união de forças no combate à violência nos ônibus das linhas metropolitanas. Ao lado do comandante da Guarda Municipal de Belo Horizonte (GMBH), Rodrigo Prates, o secretário recebeu representantes das corporações de Contagem, Santa Luzia, Ribeirão das Neves, Betim e Nova Lima. Também participaram do encontro o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de BH (SETRA) e o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros Metropolitana (SINTRAM).

O secretário Genilson ressaltou a importância de ações integradas para prevenir a violência nos coletivos intermunicipais, sobretudo devido à migração dos crimes praticados em coletivos da capital para as linhas que partem de BH rumo aos municípios vizinhos. “Com a integração entre as guardas municipais poderemos ampliar o conceito da Operação Viagem Segura, que obteve tanto sucesso aqui E isso depende de uma agenda conjunta com essas outras prefeituras municipais”, afirmou.

Para Roberto Lemos, que atua na área de segurança do SETRA, a interlocução entre as guardas municipais poderá reduzir de forma significativa o índice de criminalidade dentro dos coletivos e também reduzir outro problema: a evasão de passageiros. Em determinadas linhas, segundo ele, o número de evasões é tão alto que prejudica a viabilidade do serviço. “Temos casos de evasão de 15 passageiros por viagem em alguns itinerários, além de assaltos constantes. Se a iniciativa da Operação Viagem Segura puder ser ampliada para os municípios vizinhos, com certeza será muito positivo para todos”, avalia.

O comandante da GMBH, Rodrigo Prates, sugeriu a criação de um Termo de Cooperação entre as guardas municipais presentes no encontro, para definir a forma de atuação de cada corporação, bem como para apontar as diretrizes das ações integradas e permitir sua continuidade em longo prazo. Ficou definido que o referido Termo de Cooperação será apresentado em nova reunião, no dia 29 de maio. A expectativa é que a assinatura ocorra na sequencia, na primeira semana de junho.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Deixe uma resposta