2019 termina com aumento da tarifa dos ônibus metropolitanos

As tarifas dos ônibus metropolitanos de Belo Horizonte, incluindo o MOVE Metropolitano, terão aumento a partir deste domingo (29). A Resolução nº 26/2019, que autoriza o reajuste, foi publicada no Diário Oficial de Minas Gerais deste sábado (28).

O reajuste médio foi de 4,46% e o valor da tarifa preponderante passa de R$ 5,35 para R$ 5,60, abrangendo 232 linhas. A menor tarifa foi de R$ 3,60 para R$ 3,80, para 35 linhas, e a maior tarifa, de R$ 49,05 para R$ 51,25, que é a linha Betim / Aeroporto de Confins, via Aeroporto da Pampulha.

As tarifas do sistema, gerenciado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade de Minas Gerais (Seinfra), são reajustadas anualmente, em conformidade com o artigo 5º dos contratos de concessão assinados em 2008. Na composição do reajuste, os custos variáveis, que incluem combustível, lubrificantes, peças e acessórios, entre outros, representaram 41,49%, enquanto os custos fixos (despesas de pessoal de operação, depreciação e remuneração do veículo, custo do sistema de bilhetagem eletrônica, entre outros) representaram 40,05%. Desde o reajuste de 2017, não são considerados custos referentes ao cobrador.

O Sistema de Transporte Metropolitano por ônibus tem 671 linhas em operação e uma frota de 2.637 veículos, que transporta uma média mensal de 20 milhões de passageiros. Mais de 85% dos usuários fazem uso a bilhetagem eletrônica – Cartão Ótimo.

Confira em nosso site o horários de ônibus e as tarifas, CLIQUE AQUI.